Primeira Fase: 9 de setembro de 2017
Final Brasileira: Foz do Iguaçu, 10 e 11 de novembro de 2017

Vagas para a final brasileira

A primeira fase da Maratona de Programação ocorreuteve a inscrição de 816 times de 232 escolas, mais uma vez atingindo um novo recorde de participação. No sábadao, 9 de setembro, participaram nas 51 sedes, além dos times inscritos, vários times " café com leite", fazendo um total de 837 times participantes.

Todas as sedes estavam sincronizadas e a correção foi centralizada. A equipe de juízes, que preparou a prova e corrigiu no dia da competição foi formada por Ricardo Anido (Unicamp), Guilherme A. Pinto, Mauricio Collares Neto (UFMG), Vinicius Fernandes dos Santos (UFMG), e Paulo Cezar P. Costa.

Sobre a prova:

Sobre a competição:

Veja nesta página as regras para distribuição de vagas pelas sedes. Em resumo, as vagas são de três tipos:

Além disso, segundo as regras, uma sede se qualifica para vagas na final se tiver pelo menos 10 times e 5 escolas O número de vagas pelo tamanho da sede é calculado pela fórmula abaixo:

NúmerodeVagas = arredonda(40 * NumerodeEscolasnaSede / TotaldeEscolas).

Uma mesma escola pode classificar dois times para a final brasileira apenas no caso dos times classificarem-se pela regra 1. Um time só pode se qualificar para a final brasileira se resolver pelo menos dois problemas na primeira fase.

A formação das supersedes segue o que está descrito nas regras da competição. Apenas o melhor time de cada sede dentro de uma supersede pode se classificar para a final brasileira.

Foram considerados apenas os times aceitos até 1 de setembro, 11:00.

Os times classificados pelo comitê pela regra (3) seguiram os seguintes critérios: