Download como arquivo ICAL
Doutorado: "Modularidade em Revisão de Crenças de bases DL"
Terça-feira 28 Janeiro 2020, 10:00
Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Candidato: Ricardo Ferreira Guimarães

Orientadora: Profa. Dra. Renata Wassermann

Resumo

GUIMARÃES, R. F. Modularidade em Revisão de Crenças em Lógicas de Descrição. 2019.147 pp. Tese (Doutorado) - Instituto de Matemática e Estatística, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

Ontologias escritas em OWL e OWL 2 são uma das ferramentas mais importantes em Representação do Conhecimento atualmente. Elas permitem o compartilhamento de conhecimento de um domínio sem ambiguidade e operar com conhecimento implícito usando motores de inferência. No entanto, as ontologias podem se tornar grandes e muito complexas, dificultando sua manutenção e evolução. Um fator complicador é que uma pequena mudança pode desencadear consequências inesperadas e indesejadas. Soluções para manutenção correta surgiram paralelarmente em Revisão de Crenças e em Reparo de Ontologias. Apesar de terem visões distintas, as propostas em ambos os campos se baseiam nas Lógicas de Descrição, que sustentam OWL e OWL 2. Portanto, as abordagens de ambos os campos para reparar ontologias são muito semelhantes no nível algorítmico. Consequentemente, ambas as áreas precisam lidar com a alta complexidade do problema de depuração e com o número exponencial de resultados válidos. Há estudos em Reparo de Ontologias que usam de técnicas de modularisação para extrair subconjuntos menores da ontologia, suficientes para corrigir uma consequência específica. Ainda assim, os efeitos dos módulos no arcabouço de Revisão de Crenças são pouco estudados: tanto os postulados quanto os mecanismos que selecionam o resultado final podem mudar quando um módulo substitui a entrada. Além disso, o impacto no desempenho computacional foi avaliado apenas em corpora pequenos e com pouca variação de parâmetros. E mais, o número de resultados ainda é exponencial e as soluções existentes raramente fornecem meios para mitigar esse problema. Nesse sentido, esta tese provê uma visão mais clara dos efeitos da modularidade no arcabouço teórico que garante mudanças racionais (consistentes). Também avalia-se empiricamente o impacto da modularidade no desempenho usando módulos baseados em localidade em um cenário mais amplo. Adicionalmente, investiga-se como os módulos podem ajudar os usuários a filtrar e selecionar os melhores resultados com eficiência. Identifica-se uma categoria de módulos para os quais os postulados de Revisão de Crenças permanecem os mesmos e, em condições moderadas, o resultado permanece inalterado. A análise dos dados experimentais mostra que os módulos são benéficos para o desempenho, muitas vezes exibindo ganhos de ordens de magnitude. Além disso, os métodos propostos para auxiliar na seleção de reparos provaram ser competitivos com os métodos existentes.

Palavras-chave: Reparo de Ontologias, Revisão de Crenças, Modularisação de Ontologias.

 

Local Sala B7