Evento organizado pela Pró-Reitoria de Graduação, consolidou-se como um marco para o ensino da graduação da USP, com a oportunidade para a exposição e divulgação de nossas experiências e inovações no ensino de graduação.

O foco central desta 4ª edição é “Buscando a Transdisciplinaridade na Construção do Conhecimento” .

Será realizado nos dias 04 e 05 de julho de 2018, no Auditório do Centro de Difusão Internacional da USP (CDI/USP), Campus Butantã – São Paulo.


Datas Importantes

Inscrições -  07 de maio a 18 de junho de 2018

Submissão de trabalhos – 07 a 20 de maio de 2018

Avaliação de trabalhos – de 21 de maio a 08 de junho de 2018

Divulgação de trabalhos aceitos – 11 de junho de 2018

 

Para maiores informações acesse: http://www.congressograduacao.usp.br

 

posse diretor

 

No dia 28 de maio de 2018, na Sala do Conselho Universitário da USP, com a presença do Prof. Dr. Vahan Agopyan, Magnífico Reitor da Universidade de São Paulo e do Prof. Dr. Antonio Carlos Hernandes, Vice-Reitor da Universidade de São Paulo, foi realizada a cerimônia de posse dos professores Junior Barrera e Luiz Renato Gonçalves Fontes, respectivamente, como os novos diretor e vice-diretor do Instituto de Matemática e Estatística da USP.

O diretor Junior Barrera é professor titular do Departamento de Ciência da Computação e desenvolve pesquisas relacionadas a temas como morfologia matemática, aprendizado de operadores morfológicos, modelagem e identificação de sistemas dinâmicos de reticulado, processamento e análise de imagens, análise de expressão gênica, modelagem de sistemas biológicos e esportes coletivos de invasão. Graduado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica, Barrera possui mestrado em Computação Aplicada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, doutorado pela Poli e livre docência pelo IME.

Luiz Renato Gonçalves Fontes é bacharel e mestre em Estatística pela USP e possui doutorado em Matemática pela Universidade de Nova York. Atua na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em processos estocásticos especiais, sistemas estocásticos interagentes, sistemas de partículas, percolação, mecânica estatística e meios aleatórios. É professor titular do Departamento de Estatística.

 

Vídeo da Cerimônia

No dia 28 de maio, foi realizada a Cerimônia de Posse do Prof. Dr. Junior Barrera e do Prof. Dr. Luiz Renato Gonçalves Fontes, como os novos Diretor e Vice-Diretor do Instituto de Matemática e Estatística (IME).

 

posse diretoria 2018

Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

Na cerimônia também houve o descerramento do quadro do professor Clodoaldo Grotta Ragazzo, que passa a integrar a galeria dos diretores do IME.

 

descerramento quadro Clodoaldo

 Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

A cerimônia foi realizada na Sala do Conselho Universitário da USP.

Veja a matéria publicada no Jornal da USP sobre a posse da nova Diretoria do IME.

 

 

 

A Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) é um evento da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) que tem como objetivo despertar nos participantes o interesse pela ciência da computação através da resolução de problemas usando um computador. Esta competição é individual e está organizada em três modalidades: Iniciação (ensino fundamental), Programação (ensino fundamental e médio) e Universitária (primeiro ano de graduação).

Veja mais na Página da OBI

Informações sobre Inscrições

Datas importantes:
Primeira prova: Sexta, 17/05/2018.
Inscrição: Secretaria do DCC (Bloco C do IME).

 

Nesta semana ocorreu em Beijing, China, a final mundial do International Collegiate Programming Contest (ICPC), a competição mundial para a qual classifica a Maratona de Programação. Classificaram-se para esta fase final 140 equipes de programação entre as que disputaram concursos regionais classificatórios por todo o mundo. Nas regionais de 2017 participaram mais de 50000 estudantes de mais de 3000 universidade de 111 países de todo o mundo.

Representaram o Brasil os times da Universidade de São Paulo - São Carlos, Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal de Campina Grande, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Instituto Militar de Engenharia e um time de alunos do BCC e do mestrado do IME-USP.

Foi, como sempre, uma competição acirrada, com domínio das equipes do leste europeu e leste asiático. Os resultados finais podem ser conferidos em

https://icpc.baylor.edu/worldfinals/results

A equipes do IME-USP formada por Yan Couto, Victor Sena, Arthur Nascimento e com os técnicos Renzo Gomez e Marcos Kawakami teve um excelente desempenho. Dos 11 problemas propostos (a equipe campeã resolveu 9 deles), o time do IME-USP resolveu 6 problemas, terminando a competição em 14o. lugar (17o. colocado no desempate), a apenas um problema das colocações que dariam uma medalha ao time (foram premiados com medalhas de bronze todos os times que resolveram 7 problemas).

O ICPC premia também campeões regionais, e nosso time foi o campeão latino-americano da competição. Vale ressaltar que a equipe esteve entre os primeiros colocados durante toda a competição.

Alunos do BCC se organizam para treinamentos e competições de programação no grupo MaratonIME  e o resultado de Beijing coroa o excelente trabalho que os alunos vêm realizando há vários anos.

Parabéns ao time e a toda equipe do MaratonIME!

(texto enviado pelos professores Carlinhos e Marcel do Departamento de Ciência da Computação)

Uma startup formada por três ex-alunos do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP e um ex-aluno da Universidade Presbiteriana Mackenzie tem desenvolvido tecnologias e inovações relacionadas ao trânsito nas grandes cidades.

Scipopulis foi fundada em 2014 e encontra seu foco na análise de dados para o ambiente urbano, da qual é fruto um painel de monitoramento feito pela empresa que é utilizado pela Secretaria de Transporte de São Paulo. A tecnologia criada pela startup entrega a velocidade do ônibus em tempo real.

De acordo com um dos sócios que estudaram na USP, Julian Monteiro, o grupo é “uma empresa voltada à mobilidade urbana. Nossos produtos entregam soluções aos usuários e gestores do sistema de mobilidade nas áreas de monitoramento, análise de dados, relacionamento, compartilhamento e mobilidade ativa”. Um bom exemplo dos feitos da startup é o aplicativo Coletivo, disponível para Android, que fornece previsões de chegada de ônibus nos pontos de parada aos passageiros de forma simples e intuitiva.

Conheça a história da criação da startup e dos alunos que a fundaram lendo a matéria publicada pelo Jornal da USP.

Parabéns aos nossos ex-alunos!

 

A matéria divulgada no Jornal da USP em fevereiro de 2018, traz um infográfico contendo as principais informações para os estudantes de graduação que desejam desenvolver pesquisa na Universidade de São Paulo.

Confira a matéria acessando o link http://jornal.usp.br/universidade/iniciacao-cientifica-e-o-primeiro-passo-para-se-tornar-pesquisador/