Com o objetivo de oferecer palestras avulsas e gratuitas de matemática para alunos do Ensino Médio, professores da Universidade de São Paulo (USP) abordam de forma diferente a disciplina e falam também sobre os cursos do Instituto de Matemática e Estatística (IME): matemática, matemática aplicada, licenciatura em matemática, estatística e ciência da computação.

Com o nome Embaixadores da Matemática, o projeto oferece diversas palestras para motivar os alunos ao estudo da disciplina. “O mais importante do nosso projeto é motivar o aluno a estudar e também mudar a visão com relação a matemática. A experiência que estamos tendo nas escolas está sendo incrível”, diz o professor Eduardo Colli.

Para ver a matéria completa publicada na página de notícias da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, clique aqui

Para a realização de pesquisas e trabalhos acadêmicos, é fundamental utilizar recursos de informação e bases de dados internacionais qualificadas e reconhecidas.  
Saiba mais sobre estratégias de busca, índice h, fator de impacto, ​autores, ​citações e organização de informações participando do​s​ Workshop​s gratuitos e abertos promovidos pelo Sistema Integrado de Bibliotecas da USP (SIBiUSP).
 
P​ROGRAMAÇÃO
  • Web of Scienc​e (WoS) - ​ base multidisciplinar ​qu​e congrega artigos de conceituadas revistas científicas publicadas no mundo​, além de trabalhos de eventos​. 
  • Journal Citation Reports (JCR)​ -​ reúne informações sobre o fator de impacto e ranking das revistas em todas as áreas de conhecimento, de grande utilidade para seleção de periódicos para publicação​. 
  • Essencial Science Indicators - ferramenta analítica de indicadores científicos básicos que med​e​ o desempenho científico e rastre​ia tendências da ciência​, inspecionando ​e classificando cientistas, instituições (universidades, corporações, laboratórios de pesquisa governamentais), países e periódicos em 22 campos específicos de pesquisa​.​
  • End Note Web - ferramenta de gestão e organização de referências e citações, que facilita a redação de textos.​ ​

AGENDA DE WORKSHOPS - 2016 

​14 DE MARÇO
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - FFLCH - USP
Horário: 14h -17h

Local: ​ Sala 107, 1º andar do Prédio de Letras (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas​ -  Av. Prof. Luciano Gualberto, 403 - Cid. Universitária)

Ministrante: Sra. Deborah Dias (Thomson Reuters)

Link para inscrições: http://bit.ly/WoS_JCR_FFLCH_2016

 
17 DE MARÇO
Escola de Engenharia de Lorena - EEL - USP
Horário: 14h15 - 17h30
Local: Auditório da Biblioteca - Área 1 - Escola de Engenharia de Lorena - EEL/USP (Estrada Municipal do Campinho, s/n - Ponte Nova, Campus Lorena)
Ministrante: Sra. Deborah Dias (Thomson Reuters) 
Link para inscrições: http://bit.ly/WoS_JCR_EEL_2016
 
21 DE MARÇO
Faculdade de Saúde Pública - FSP - USP
Horário: 9h -12h
Local: Sala de Informática (Faculdade de Saúde Pública da USP - Av. Doutor Arnaldo 715) 
Ministrante: Sra. Deborah Dias (Thomson Reuters)
Link para inscrições: http://bit.ly/WoS_JCR_FSP_2016
OBS. O treinamento de uso do EndNote Web será realizado em data oportuna.
 
30 DE MARÇO
Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos - FZEA - USP
Horário: 9h-13h
Local: Anfiteatro - FZEA USP (Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos - Av. Duque de Caxias Norte, 225 - Campus Pirassununga)
Ministrante: Sra. Deborah Dias (Thomson Reuters)
Link para inscrições: http://bit.ly/WoS_JCR_FZEA_2016
 
(texto recebido da Divisão de Gestão de Desenvolvimento e Inovação - Departamento Técnico - SIBiUSP)
 

A LASCON 2016 (Latin American School on Computational Neuroscience) é a sexta edição da única escola sobre neurociência computacional da América Latina e uma das principais do mundo (www.sisne.org/lascon).

Esta edição da LASCON é uma atividade do Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática (CEPID-NeuroMat). A LASCON 2016 está ocorrendo no prédio do NUMEC - Sede do CEPID NeuroMat no IME-USP entre 3 e 29 de janeiro.

O objetivo da LASCON é fornecer a estudantes de pós-graduação, pós-docs e estudantes de graduação avançados uma introdução a métodos matemáticos e computacionais de modelagem e análise de neurônios e redes de neurônios. Esses métodos são ensinados aos alunos em aulas práticas com o uso de programas como neuroConstruct, NEURON, NEST, MATLAB, BRIAN e the Virtual Brain, de ampla utilização pela comunidade científica internacional. O corpo docente (professores e tutores) da escola é composto por pesquisadores brasileiros e estrangeiros com grande experiência em neurociência computacional e no uso dos programas citados acima. A escola terá a duração de um mês (03/01-29/01) e as atividades consistirão de aulas teóricas e palestras nas manhãs, tutoriais práticos nas tardes e exercícios computacionais e desenvolvimento de projetos pelos estudantes nas noites. Os temas cobertos serão:modelos biofisicamente detalhados para neurônios e redes de neurônios; modelos simplificados para neurônios e redes de neurônios; plasticidade sináptica e memória; dinâmica neural; análise de trens de disparo; conectômica; modelos estocásticos em neurociência; e psiquiatria computacional. Os alunos serão divididos em grupos e cada grupo terá que desenvolver um projeto sobre um dos temas tratados na escola. No último dia da escola, os estudantes apresentarão os resultados finais dos seus projetos em seminários de 15 minutos.

O aluno Igor Fábio Steinmacher, nosso recém doutor do curso de Ciência da Computação, teve o paper aceito no ICSE (International Conference on Software Engineering), a principal conferência de engenharia de software realizada no planeta.

Seu trabalho: "Overcoming Open Source Project Entry Barriers with a Portal for Newcomers", foi um dos 101 selecionados pelo programa, dentre os 530 inscritos.

 

Parabéns pelo sucesso!!

 

(texto enviado pelo Prof Marco Gerosa do Departamento de Ciência da Computação do IME)

 

 

 

O IMEmpreende é uma iniciativa que visa encorajar e fortalecer o empreendedorismo entre os (ex-) alunos e (ex-) docentes do IME-USP, com o objetivo de aproximar essas pessoas para que possam compartilhar idéias, experiências, notícias e dicas empreendedoras com outros oriundos de uma cultura acadêmica comum. É um grupo de interesse em empreendedorismo centrado no IME-USP. 

 

Em entrevista à revista online Exame, Paulo Salem, ex-aluno da graduação e pós-graduação do Departamento de Ciência da Computação, contou sobre a utilização do Meetup no IMEmpreende.

 

A entrevista completa pode ser lida clicando aqui

 

O Curso de Ciências Moleculares da USP foi escolhido vencedor do "Prêmio Santander Universidades" na modalidade "Interdisciplinaridade" (Destaques do Ano do Guia do Estudante).

No dia 19 ocorreu a cerimônia de premiação, que contou com a presença do Reitor Marco Antônio Zago, do coordenador do curso, prof. Fabio Armando Tal e mais de mil convidados, dentre eles reitores, acadêmicos, jornalistas e finalistas do prêmio.

Docentes do IME que também participaram da organização do curso, além do prof. Fabio Armando Tal, foram Sônia R. L. Garcia, Manuel V. P. Garcia e Saulo M. de Barros.

A lista completa dos ganhadores pode ser vista clicando aqui.

Vivendo a USP: Uma parceria entre  a universidade e a escola pública

 

No próximo dia 28 de novembro, os alunos de quatro das nove escolas públicas participantes do projeto Vivendo a USP terão novo encontro marcado com os espaços e atividades da universidade.

Das 08 até as 17 horas, no Parque Cientec (Av. Miguel Estéfano, 4200, próximo ao Zoológico de SP), os estudantes participarão da ‘Gincana do Vivendo’ como ficou conhecida essa atividade de fechamento da programação de visitas à USP.

Segundo a Profa. Vera Henriques, coordenadora do projeto, “apesar das dificuldades de financiamento que tivemos ao longo do ano, nós conseguimos realizar muitas atividades com as escolas parceiras e os alunos e docentes envolvidos no projeto esperavam que fizéssemos a Gincana, que é o momento não só de ampliar os conhecimentos, mas de congraçamento e muita alegria”.      

Com o apoio financeiro da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão será possível realizar a gincana deste ano. São quatro as escolas que participarão: E.E. Francisco Eufrásio Monteiro (Sorocaba), EMEF Ernani Silva Bruno (Parada de Taipas), E.E. Mário Manoel Dantas (Ferraz de Vasconcelos) e E.E. Santo Dias da Silva (Interlagos) com mais de 240 crianças e adolescentes e 12 professores. Do lado da USP, são 25 alunos monitores, além dos educadores de diversas unidades da USP (Arte e Ciência do IF, Estação Biologia do IB, Gepeq do IQ, MAC, MAE e MAV-FMVZ) envolvidos na preparação das provas da gincana.

Desde 2011, o projeto Vivendo a USP tem atuado no sentido de trazer para a universidade a visita não só dos alunos das escolas públicas, mas também, dos docentes que previamente se capacitam nos espaços que serão visitados, para que de forma articulada com o projeto pedagógico da escola e com o seu programa de aulas, eles possam ser os facilitadores desse aprendizado. Além disso, o projeto conta com o apoio e engajamento de professores e alunos de diversos institutos e museus da Universidade, além da participação ativa do Instituto Butantã.

Há, portanto, duas vertentes: a primeira de formação, que está voltada a capacitar os professores para as visitas e, a segunda, que visa aproximar os estudantes das escolas públicas da vida universitária e dos espaços educativos não-formais como, por exemplo, os museus, institutos e o próprio parque de ciência.

Mais informações: http://www.vivendoausp.com.br/