A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), neste ano em sua 11ª edição, é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - IMPA - e tem como objetivo revelar talentos na área de Matemática no Brasil. Para isto, organiza ações de abrangência nacional no sentido de estimular e promover o interesse e o estudo da Matemática nas Escolas Públicas por meio da resolução de problemas motivadores, que despertem o interesse e a curiosidade de professores e estudantes, dentro de um espírito de participação e de cidadania. 

Além das provas nacionais realizadas em duas fases, para as quais é encaminhado anualmente às escolas um banco de questões para orientar o trabalho de preparação dos alunos, é organizado para os estudantes premiados o Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC). O PIC é realizado por meio de uma rede nacional de professores em polos espalhados em todos os Estados do país, e também no fórum virtual e tem como objetivos não só despertar nos alunos o gosto pela Matemática e pela ciência em geral, mas também motivá-los na escolha profissional pelas carreiras científicas e tecnológicas.

Os estudantes recebem bolsas de estudo e outros programas, também com bolsas, são destinados aos estudos, ainda relacionados à Matemática, para os medalhistas que ingressam na universidade. Em especial, no IME-USP temos há vários anos o Projeto USP-OBMEP destinado à preparação para a prova da segunda fase de grupos de estudantes de algumas escolas da cidade de São Paulo. Participam deste projeto, na coordenação e no trabalho com esses estudantes, o CAEM, professores do IME e estudantes da Licenciatura em Matemática do Instituto.

A premiação da OBMEP se estende aos professores das escolas públicas e também às próprias escolas que se destacam pelo desempenho do conjunto de seus alunos participantes na OBMEP.

A cerimônia de premiação da 10ª edição da OBMEP ( relativa ao ano de 2014 ) será realizada no dia 20 de agosto, às 13:30h, no Auditório Istvan Jancsó da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, e contará com a participação de aproximadamente 140 medalhistas, de professores premiados e representantes das escolas premiadas oriundos das escolas públicas da cidade de São Paulo.

Essa cerimônia é um momento de reconhecimento do esforço realizado pelos estudantes, professores e escolas e de homenagem dos alunos premiados e de suas famílias.

 

(texto recebido da Profª Ana Catarina Pontone Hellmeister)

Com muito orgulho reproduzimos a mensagem da SBM sobre vencedor do prêmio SBM 2015. Recordamos que a edição anterior foi vencida por Artur Ávila.

"O vencedor do Prêmio SBM 2015 é o artigo 'A Poincaré-Birkhoff theorem for tight Reeb flows Reeb flows on S3', da autoria de Umberto Hryniewicz (UFRJ) e Pedro Salomão (USP), publicado em Inventiones Mathematicae 199 (2015), pp 333 a 402.

A informação foi revelada na Cerimônia do Prêmio SBM, realizada no dia 28 de julho no Auditório Mañé do IMPA, com a presença do presidente da SBM, Marcelo Viana, do presidente eleito, Hilário Alencar, do presidente da União Matemática Internacional, Shigefumi Mori (Medalha Fields 1990), de Artur Ávila (Medalha Fields 2014) e de inúmeros convidados e autoridades.

O Prêmio SBM tem como objetivo distinguir o melhor artigo original de pesquisa em Matemática publicado recentemente por jovem pesquisador residente no Brasil. Ele é concedido a cada dois anos, por ocasião do Colóquio Brasileiro de Matemática.

Em sua edição 2015, o Prêmio SBM inclui remuneração monetária de R$ 20 mil e uma placa comemorativa. Além disso, os vencedores estão convidados pelos organizadores do Colóquio Brasileiro de Matemática a proferir palestra no certame."

O IME parabeniza seu ilustre Prof. Pedro Antônio Santoro Salomão pelo prestigioso prêmio.

 

Para mais informações, clique aqui

Placa do Prêmio

(texto recebido do Prof Dr. Clodoaldo Grotta Ragazzo)

Os alunos Daniel Batista, Giuliano Salcas Olguin, Jackson Souza, José Coelho, Pedro Paulo Vezzá Campos e William Gnann do Departamento de Computação do IME-USP receberam o prêmio de Best Paper WEI 2015, no 23º WEI - Workshop sobre Educação em Computação.

O trabalho apresentado foi sobre a Nova grade curricular do BCC-IME-USP.

 

Parabéns aos alunos.

 

Para ver a matéria completa, clique aqui

 

 

 

A revista Computação Brasil, publicação da Sociedade Brasileira de Computação, dedicou a  27a edição da revista ao software livre.
 
Nelson Lago, gerente técnico do CCSL-IME/USP, e Fabio Kon, professor de Ciência da Computação também do IME-USP, foram os editores convidados.

 

Leia mais

 

(texto extraído do site do CCSL)

No período de dois em dois anos a Sociedade Brasileira de Computação (SBC) entra em período de eleições de Diretoria e Conselho.

 

Na eleição de 2015, apurada no último dia 23 de junho, o professor Fabio Kon do Departamento de Ciência da Computação do IME foi eleito com 424 votos para o cargo de Conselheiro da SBC, com mandato de quatro anos para o quadriênio 2015-2019.

 

Parabéns ao Professor!

 

(texto recebido do Prof Marco Aurélio Gerosa)

No dia 18 de junho de 2015, das 9:30 às 12:00 horas, no Auditório “Prof. István Jancsó”, da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin – Cidade Universitária, São Paulo/SP a STI fará um evento para comemorar os “Cinquenta anos de Tecnologia da Informação (TI) na Universidade de São Paulo”.

A história da TI na Universidade de São Paulo é repleta de sucessos inquestionáveis. Desde os seus primeiros passos, a TI da USP, com os seus centros da capital e interior, sempre se mostrou uma atividade-meio de fundamental importância para que as atividades-fim da Universidade pudessem ser realizadas de forma proficiente e com expressiva qualidade.

 

Este evento será transmitido pelo IPTV: http://iptv.usp.br/portal/transmission.action?idItem=28287

 

Veja a publicação Cinquenta anos de Tecnologia da Informação na Universidade de São Paulo

 

(Texto retirado de http://www.sti.usp.br/50-anos-de-ti-na-usp/)

No último dia 14 de junho, o Estadão publicou matéria sobre as ações criadas por alunos e professores para aproximar a USP do empreendedorismo.

 

O prof Fábio Kon do Departamento de Ciência da Computação do IME fala sobre o assunto.

 

Veja a matéria completa aqui.